abril 01, 2011

Renda-se.

Acredite na magia que pode existir por trás das coisas normais. Perceba a beleza que existe por trás do que é diário. Tenha coragem de colher o que lhe faz realmente bem.
Renda-se.
Não tenha medo de ser quem é; não tenha medo de viver as consequências de ser o que se é; não esnobe os clichês.. eles são infindavelmente perfeitos. 
Renda-se.
Ao que você é, e ao que você deseja. Ao que você pode se tornar caso tome aquele caminho. De vez em quando feche os olhos, não as pálpebras, os olhos mesmo. E enxergue além. Além das fronteiras que sua cabeça criou, além dos muros que o seu coração ergueu. Renda-se ao enfim, ao infinito. E não se assuste, não se assuste como o que você vai ser - por mais assustadora que essa visão possa ser. A verdade que poucas pessoas tem coragem de assumir é que essa visão, por mais simples e rápida que seja, vai ser uma das poucas coisas realmente verdadeiras que você saberá sobre você.
E, confie me mim, o fogo muitas vezes esconde estrelas. Só olhos muito fixos - aqueles sem barreiras - são capazes de enxerga essa proeza.
Seja capaz. Renda-se.
V. Rodrigues

2 comentários:

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Adorei o texto! PArabens!

Nandinha... disse...

render-se a vida e suportar a consequencias talvez seja o passo mais dificil a se dar...

porem necessario...

bjus