julho 05, 2011

desdenhar-se.

Alguém, em algum lugar, falou (ou eu li) que escrever é ter a delicadeza de desenhar a alma
Troco o verbo.
Digo: escrever é ter a delicadeza de desdenhar da alma.
Porque ser poesia é fácil: é só falar alto o que o coração sussurra alucinado.

V. Rodrigues

2 comentários:

Pablo Vinícius de Oliveira disse...

Valeria parabéns pelo blog, e pela sua inteligencia. Um de meus blogs preferidos. Nunca deixe esse cantinho sem ser escrito.

Valéria Rodrigues disse...

Muito obrigada Pablo.
Me faz mt bem saber que agrada, :)
E pode deixar, que eu não deixarei.

Abraço quentinho,
Valéria Rodrigues.